Canada, North America

Québec City ~ November, 2005

121

Québec feelings!

Striking the cute atmosphere at Canada´s french cities, it´s hard not to fall in love with Québec city! The mellow french songs, romantic sights and peaceful views come together in places your memory won´t forget. At least mine didn´t! I’m pretty sure this it on top of Chateau Frontenac, an extremely charming  and fancy hotel (in which I clearly wouldn´t afford to stay!), and the water is the Saint-Laurent river.
There are many more places I would love to know, but that is certainly a region on my want-to-go-back list!
~

No auge da atmosfera fofa das cidades francesas do Canadá, é difícil não se apaixonar pela cidade do Quebec! As musiquinhas lindas em francês, os lugares românticos e as vistas tranquilizadoras se unem um lugares que sua memória não vai esquecer. Pelo menos a minha não esqueceu! Tenho quase certeza que isso no foi no alto do Chateau Frontenac, um hotel super charmoso e elegante (onde eu claramente não poderia bancar me hospedar!) e que a água lá embaixo é o rio Saint-Laurent.

Há vários outros lugares que ainda quero conhecer, mas essa é certamente uma região que está na minha lista dos locais aos quais quero voltar!

Standard
Adivinhe!, Canada, North America

Montreal ~ November, 2005

100

Words for thought!

This was in one of the houses I lived in in Canada ten years ago, but as universal sayings go, it still gets me thinking today:

“God grant me the serenity to accept the things I cannot change;
Courage to change the things I can;
And wisdom to know the difference. ”

It does go on, but I think this is the the best part, no matter what God you believe in (if any). Serenity, courage and a lot of wisdom to us all!

~

Isto estava em uma das casas em que morei no Canadá dez anos atrás, mas como acontece com as frases universais, ainda me deixa pensando hoje:

“Deus,

Dai-me a serenidade para aceitar as coisas que eu não posso mudar, coragem para mudar as coisas que eu possa,                                          e sabedoria para que eu saiba distingui-las”.

Ela continua, mas acho essa a melhor parte, independente do Deus em que você acredite (se tiver algum). Serenidade, coragem e sabedoria para todos nós!

Standard
Canada, North America

Montreal ~ November, 2005

84

Wanna play Hockey standing still?! ~ Quer jogar Hockey parado?!

 

For those of you who read me and are sports fans, have you seen this?! We are so used to tables like this one but only for soccer in Brazil, that I thought it was hilarous having it for hockey in Canada. Maybe someone can tell me if this is normal there or elsewhere, but I do remember seeing it in a museum… This little thing is one of those things when you realize the world is so much more than you could´ve imagined. An eye-opener!

~

Para aqueles que me lêem e gostam de esportes, vocês já viram isso?! Estamos tão acostumados com mesas assim mas só para futebol no Brasil (o que aprendi como totó), que achei hilário ver isso no Canadá. Talvez alguém possa me dizer se é normal por lá ou em algum outro lugar, mas me lembro de ver isso em um museu… Uma daquelas coisas em que você se dá conta de que o mundo é tão maior do que você poderia imaginar. Amplia nossa visão!

Standard
Adivinhe!, Canada, Guess!, North America

May 17: International Day Against Homophobia

72

Laugh and love: what else matters?!

May 17h is International Day Against Homophobia, and I must say I really don´t get why this word even exists! Why would people try to forbid something as real and pure as love? Why would you bother if your friend, neighbor, family member or anybody for that matter is dating a girl, a boy, or a person who is not sure about their preferences? Why do we have to name everything, putting labels in something as complicated and amazing as a relationship or just a fling? I think life will be better when society starts worrying about the real problems (and unfortunately, there are plenty of those already) and stops creating deals concerning love, which is no problem at all, but actually the solution!
Missing yesterday’s photo, this one was taken in Québec city, were a couple was having a lot of fun laying on the grass in a sunny day. I have no idea what kind of couple was that, but I was sure two things were involved: laughs and love. And really, what else matters?!
The second one is actually a video that goes beyond the sex issue, and is the best campaign I’ve seeing in a long time.
Much love to you all and have a great life!
~

17 de maio é Dia Internacional contra a Homofobia, e eu devo dizer que realmente não entendo por que essa palavra sequer existe! Por que alguém tentaria proibir algo tão real e puro como o amor? Por que você se importaria se o seu amigo, vizinho, membro familiar ou qualquer pessoa, nesse caso, está saindo com um menino, uma menina, ou alguém que não tem certeza sobre suas preferências? Por que temos que nomear tudo, colocando rótulos em algo tão complicado e incrível como um relacionamento ou mesmo uma paquera? Acho que a vida será melhor quando a sociedade começar a se preocupar com os problemas reais (e infelizmente, já há bastante desses) e parar de criar caso envolvendo o amor, que não é nenhum problema, mas a solução!

Faltando a foto de ontem, esta de hoje foi tirada na cidade do Quebec, onde um casal estava se divertindo à beça deitado na grama em um dia ensolarado. Não faço a menor ideia de que tipo de casal era, mas  vi claramente que duas coisas estavam envolvidas: risadas e amor. E de verdade, o que mais importa?!
O segundo é na verdade um vídeo que vai além da questão do sexo, e é a melhor campanha que já vi em muito tempo.

Muito amor para vocês e uma ótima vida!

Standard
Canada, North America

Montreal ~ September, 2005

61

 

Oh, living in Montreal! This is around the first house I lived in there, which I found quiet interesting. It seems such a smart construction, easy and pratical like many things in that city I love are! The only tiny problem is when snow accumulates (and everybody knows they do have plenty of it…), for parking there. Can you picture it?!

~
Ah, morar em Montreal! Isso foi perto da primeira casa em que morei la’, que achei bem interessante. Parece uma obra tao inteligente e pra’tica, como tantas coisas naquela cidade que eu amo! O unico probleminha e’ quando acumula neve (e todo mundo sabe que eles t^em bastante neve…), para estacionar ali. Voce consegue imaginar?!

Standard
Canada, North America

Montreal ~ October, 2005

56

The Botanical Garden located in Montreal is so special that they’re called Espace pour la vie! Really, a lot of life goes on there, from all the nature of course to Chinese lanterns and Halloween parties. It is definitely a place to be visited more than described, but I’ll try posting more pictures of it soon!

~

O Jardim Botânico localizado em Montreal é tão especial que é chamado de Espace pour la vie! É verdade que muita vida acontece por lá, desde toda a natureza, é claro, às lanternas chinesas e festas de Halloween.  É certamente um lugar para ser visitado mais do que descrito, mas tentarei botar mais fotos de lá em breve!

Montreal Botanical Garden’s Website

Standard
Canada, North America

Montreal ~ September, 2005

45

Big hint, but awesome city! ~ Pista grande, mas a cidade é incrível!

I really love Montreal for all the things I learned there and for everything the city has to offer. This was in front of the Notre-Dame Cathedral, where the popular rides stop once in a while and he people are always nice. No idea why there are two strollers by the man but maybe it was the tourists´. People do not suspect much in Canada , rather they trust strangers much more than I was used to and if in Brazil people would be a little scared of the man there, he didn´t seem to offer any danger while working. I’ll have much to say about this city,  but it really oppened my world to many wonderful and different things!

~

Realmente amo Montreal por todas as coisas que aprendi lá e por tudo o que  a cidade tem a oferecer. Isso foi em frente à Catedral de Notre Dame, onde essas “caronas” populares param de vez em quando e as pessoas são tão legais. Não faço ideia do porquê de haver dois carrinhos de bebê perto do homem, mas podem ter sido dos turistas. As pessoas não desconfiam tanto das outras, ao contrário, elas confiam em estranhos muito mais do que eu estava acostumada, e se no Brasil teria gente  meio com medo desse homem, ele não parecia oferecer nenhum perigo enquanto estava trabalhando.  Terei bastante a falar sobre essa cidade,  mas ela realmente abriu meu mundo para tanta coisa  diferente e maravilhosa!

Standard